Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
TerraCottem  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
Quando um projeto é bom, você não precisa vendê-lo, ele se vende sozinho.
 
 
 
 
 
Contratar um profissional para planejar o seu jardim

Seja um designer de jardins ou um arquiteto paisagista, a contratação de um profissional no momento de projetar o seu jardim e logo numa fase inicial dos trabalhos, pode ser um fator crucial para o sucesso de execução e de resolução de problemas inerentes à construção de um jardim.

Neste artigo o que se pretende é conhecer um pouco do trabalho do profissional nesta área.

Embora ainda não haja tradição em Portugal a figura do designer de jardins, em países como Inglaterra, é ele que normalmente trabalha os projetos mais pequenos como espaços privados, jardins domésticos, terraços e varandas. A horticultura e design são a base do seu conhecimento.

Os arquitetos paisagistas estudam e planejam a paisagem rural ou urbana, ordenando os diversos elementos de modo a favorecer a existência de equilíbrio ecológico e tendo em consideração aspetos biofísicos, estéticos, sociais e econômicos. Contudo muitos arquitetos paisagistas projetam também para jardins privados, principalmente devido à escassez de trabalho nas autarquias, conseqüência dos diversos cortes nos orçamentos que têm sido feitos.

A sua principal vocação é participar no planejamento e ordenamento do território, concebendo infra-estruturas funcionais, atraentes e compatíveis com o meio ambiente.

Assim, desenham áreas residenciais, agrícolas, industriais e comerciais, espaços de lazer (por exemplo, jardins públicos) e espaços de utilidade pública (por exemplo, parques infantis) de forma a promover a harmonia entre estes e o meio envolvente.

Considerar a natureza existente, condições do terreno, objetivos para o jardim e orçamento disponível são preocupações inerentes às duas profissões.

Posteriormente, analisam-se as características do local no que se refere aos elementos naturais (clima, solo, vegetação, águas e seres vivos) e aos elementos humanos (hábitos, interesses, história, organização social, etc.) e avaliam-se os efeitos e a utilidade do projeto. Uma vez analisado o local, elabora-se um desenho preliminar que, tendo em conta as necessidades do cliente e as características do espaço, poderá ser alvo de muitas modificações até ser apresentado ao cliente na sua forma final.

Esta fase no caso de um cliente privado é bastante exigente porque no fundo o que se está fazendo é vender um sonho, portanto a imagem do desenho que se vai apresentar tem que ser apelativa e ao mesmo tempo tem que ser realizável para que não passe meramente de uma miragem. A interpretação gráfica dos objetivos é a maneira mais indicada para uma melhor visualização, ilustrações, desenhos e imagens em 3D ajudam a perceber o funcionamento e elementos estruturais do design na prática.

Quando aprovado o projeto, passamos a fase de apresentação do caderno de encargos acompanhado dos documentos (memorial descritivo) que explicam o projeto em pormenor, tais como relatórios e fotografias, e que especificam os métodos e materiais a serem utilizados, podendo o cliente propor alguma alteração.

Segue-se a execução, fase em que os arquitetos paisagistas e designers de jardins supervisionam os trabalhos, garantindo a fidelidade ao projeto elaborado.

Se o cliente já tiver uma idéia muito concreta do que quer do seu espaço deve transmiti-la com recortes de revistas, fotos, imagens retiradas de websites etc. Num projeto doméstico a relação profissional - cliente é bastante próxima, o profissional tem que entender quase intuitivamente o que o cliente procura analisando também o que o cliente gosta.

O elemento principal de trabalho é sem dúvida o elemento vivo, o sucesso da implantação de um jardim é o teste mais importante de um projeto. A sua constante evolução requer por parte do profissional um grande conhecimento da vegetação que está propondo.

Um projeto bem sucedido requer sempre uma boa equipe de trabalho, nomeadamente profissionais técnicos de jardinagem.

Muitas vezes o cliente privado pensa que com as idéias que tem consegue, sem precisar contratar o profissional, colocá-las em prática. Mas existe todo um conjunto de conhecimentos adquiridos, soluções para problemas que se apresentam antes e durante a execução de um jardim, idéias inovadoras que só um profissional consegue trazer para um projeto.

“O design de jardins é a arte e o processo de design e criação de um layout e implantação para jardins e paisagens. O design de jardins é praticado por profissionais com conhecimentos de horticultura e design, e vasto conhecimento de plantas.”

Definição de design de jardins
“A Arquitetura Paisagista designa a profissão de quem concebe a Paisagem. A abordagem ao espaço - Paisagem - é de natureza arquitetônica, sintetizando, no espaço concebido, o conhecimento científico disponível relativo à Natureza e à Cultura, através de metodologias integrativas e de práticas comuns à Arquitetura e ao Design”.

A Arquitetura Paisagista é portanto a disciplina que se situa entre a arte e as ciências naturais, humanas e tecnológicas, recorrendo a todas para a sua intervenção.

Os materiais da Arquitetura Paisagista são predominantemente vivos, pelo que a sua obra evolui ao longo do tempo, sendo este um dos fatores que distinguem a profissão.”

Definição de arquitetura paisagista de acordo com a APAP (Associação Portuguesa dos Arquitetos Paisagistas)

Autora: CATARINA GONÇALVES designer de jardins, licenciada pela Universidade de Greenwich em Londres em BA Hons Garden Design.


Fonte de pesquisa: Portal do Jardim - Portugal




















 
 
 
 
Sistema holandês transforma telhados convencionais em belos jardins
A empresa desenvolveu um produto simples, capaz de transformar qualquer telhado comum em um telhado verde.
Cidade cria projeto para se livrar de carros e ampliar áreas verdes
O ousado projeto de mobilidade urbana pretende devolver as áreas tomadas pelos carros aos pedestres, ciclistas e parques, reduzindo ao máximo o uso de automóvel para transitar pelas ruas.
Plantas podem melhorar sua produtividade
Ter uma plantinha no escritório pode tornar a equipe mais produtiva.
Paisagismo Sustentável
É organizar a natureza e a paisagem a serviço do homem.
Jardim é terapia
O contato direto com a natureza é capaz de ajudar na recuperação de doenças, estimulando a vontade de a pessoa viver e lutar.
Conheça os benefícios do telhado verde
O impacto ambiental está relacionado diretamente aos efeitos da ação do homem sobre o meio ambiente.
Burle Marx: Um grande amante da arte
Considerado um dos maiores paisagistas do Século XX.
Arborização urbana reduz a criminalidade
Áreas arborizadas: aumentam a expectativa de vida, o índice de felicidade e reduzem a criminalidade.
Topiaria: a arte de esculpir a natureza
A topiaria é a transformação de plantas em esculturas vivas.
Ar mais puro
A colocação de certas espécies vegetais é a melhor forma de remover gases tóxicos.
Planejamento de Jardins
O que é o planejamento? O que significa planejar?
Jardim Botânico Plantarum é aberto ao público
Pessoas interessadas no universo botânico podem desfrutar de um centro de referência em flora brasileira.
Projeto regulamenta profissão de paisagista no Brasil
O Projeto de Lei 2043/11, do deputado Ricardo Izar (PV-SP), em tramitação na Câmara, regulamenta a profissão de paisagista.
As diferenças entre paisagismo e jardinagem
Paisagista quando contratar?
A primeira floresta vertical do mundo
Duas torres verdes estão sendo construídas em Milão, Itália.
Nova publicação na área de paisagismo
Está sendo lançado este mês o livro Paisagismo: projetando espaços livres, de autoria do arquiteto e paisagista Marcos Malamut.
A Paisagem Urbana
Além da função paisagística, a arborização urbana proporciona benefícios à população.
Crescimento da construção civil intensifica demanda por paisagistas
O aumento do mercado é tão intenso que as empresas enfrentam dificuldades em encontrar profissionais especializados.
Idéias para projetar um jardim privativo
Veja como transformar um pequeno espaço do quintal em um lugarzinho especial, reservado exclusivamente para o aconchego da família.
Paisagismo de áreas internas
Neste tipo de projeto existem, como nos outros, um estudo a se fazer.
Lagos Ornamentais nos Projetos Paisagísticos
São elementos integrantes aos projetos paisagísticos em busca da natureza, harmonia, prazer, equilíbrio visual e climático.
O paisagismo e o crescimento da necessidade por profissionais qualificados da área.
Queremos iniciar aqui neste espaço, um amplo debate sobre o paisagismo e estes profissionais no Brasil.
Paisagismo Urbano
Para cada projeto de paisagismo, existem fatores a se considerar, como o porquê de implantar, onde implantar, como implantar, como manter, que estilo, que cores e quais as características desejáveis das plantas.
Como planejar o plantio do seu jardim
Se você gosta de plantas, o gramado, jardim ou horta de sua casa deve lhe proporcionar horas de prazer.
Os dez mandamentos do paisagista ecológico
Siga estes passos para proteger a Natureza.
Avaliando uma empresa de irrigação
Parâmetros para avaliar e selecionar uma proposta e a empresa para implantação de um sistema de irrigação em seu gramado.
Reforma em condomínios
Antes de fazer a reforma consulte um paisagista para não afetar a vida do jardim.
Livro mostra como Burle Marx transformou o jardim em um campo de experimentação da arte moderna
Transformar o jardim verdadeiramente em uma obra de arte viva.
Serviços de paisagismo
Mesmo enfrentando o estigma de atividade de elite, os empresários do ramo de paisagismo são unânimes em afirmar que o mercado está em expansão.
Irrigar é preciso
A irrigação é, infelizmente, um item, às vezes, esquecido no planejamento do jardim.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br