Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Centro de Paisagismo  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos.
 
 
 
 
 
Conheça os vários tipos de adubos

Adubar uma planta significa dar a ela todos os elementos indispensáveis para um crescimento saudável. Se a quantidade desses elementos for insuficiente ou exagerada, as plantas vão se ressentir e poderão até morrer. Então, o primeiro passo é você conhecer as necessidades gerais dos vegetais e as específicas de cada espécie que você cultiva.

Para uma planta crescer viçosa, precisa de 16 elementos. Destes, o carbono, o oxigénio e o hidrogênio são retirados do ar, e o restante do solo. Por isso, os adubos devem conter 13 elementos, que são divididos em dois grupos:

O primeiro reúne os macronutrientes, que devem ser dados às plantas com certa frequência. São eles; nitrogénio (N), fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), enxofre (S) e magnésio (Mg).

No segundo grupo, aparecem os micronutrientes, que não exigem aplicações constantes, mas desempenham um papel muito importante  no  crescimento dos vegetais. Todos esses elementos são encontrados nos adubos orgânicos, nos minerais e nos químicos.

Os adubos orgânicos são os estercos animais, farinha de ossos, bem como elementos vegetais em decomposição, e se caracterizam por liberar gradualmente os elementos. São de ação mais lenta mas não oferecem nenhum perigo às plantas, pelo contrário, tomam a estrutura do solo mais porosa, beneficiando a oxigenação das raízes.

Os adubos minerais são encontrados em formas mais simples (salitre do Chile, sulfato de amônia, superfosfato, etc.) ou então em misturas químicas já prontas, em pó, líquido, pastilhas ou granulados.

Os adubos químicos também são encontrados em pó, cristais, líquidos ou pastilhas, e reúnem algumas vantagens, pois agem imediatamente, recuperando plantas fracas com facilidade.

Podem ter todos os elementos bem balanceados, inclusive com fórmulas especiais para cada tipo de planta. O único problema é que devem ser aplicados rigorosamente de acordo com as instruções dos fabricantes, porque qualquer excesso pode até matar as plantas.

Mas o segredo mesmo da adubação está na aplicação. Cada planta tem um ritmo de crescimento próprio e precisa ser adubada com determinada frequência. Por exemplo; algumas plantas de rápido crescimento, como os gerânios, podem ser adubadas até uma vez por semana no período de crescimento. Já outras, como os cactos e as suculentas, não precisam mais de uma ou duas aplicações por ano.

O ideal é saber a dosagem e a frequência que cada espécie precisa, e prestar atenção aos sinais de adubação excessiva: crescimento exagerado das hastes, limo esverdeado na superfície do vaso, folhas com pontas amarronzadas.

Se você notar esses sintomas, suspenda a adubação.









 
 
 
 
 
Em flor (novo)
O que devemos fazer para ter um jardim com mais flores.
Novas receitas de alho
Outras formas de azer e experimentar.
Combate a pragas de jardim com alho
Se quisermos tratar das plantas de forma ecologicamente correta e sustentável, o uso de plantas medicinais poderá ser um recurso de resultados eficazes.
Planta e fitoterápico
Para virar remédio, ervas precisam passar por controle rigoroso.
Plante sem chuva
Evite dias chuvosos.
Dicas do mês de maio
O que fazer neste mês.
Dez Dicas para prolongar a vida das flores em vasos, arranjos e buquês
Veja como.
Terra saudável
Como o solo é a fonte primordial de proteínas das plantas, requer um cuidado todo especial.
7 dicas para escolher mudas saudáveis
Veja dicas para escolher mudas saudáveis para o seu jardim ou horta.
Aprenda a conciliar plantas e animais de estimação
Veja dicas de algumas plantas que não fazem mal para seus bichinhos de estimação.
8 dicas com plantas e cuidados com vasos em casas
A manutenção de vasos de plantas em casas e apartamentos precisa de alguns cuidados especiais.
Ajudas preciosas
Antes de comprar qualquer utensílio de jardinagem certifique-se das suas verdadeiras necessidades.
Melhore o ambiente de sua casa com plantas
Além de decorar, algumas plantas são capazes de harmonizar o ambiente, renovar o ar e trazer energia positiva para os interiores.
Cuidados ao usar plantas medicinais
Ervas e fitoterápicos são substâncias naturais, mas podem fazer mal a saúde se não forem usadas corretamente.
Canteiros protegidos
Saiba como fazer.
A dança da chuva
Quando chover leve as plantas da varanda para passear na chuva.
Sinais de alerta
Verifique os vasos.
Dança da chuva
Quando chover e você levar as plantas da varanda para passear na chuva convém tomar algumas precauções.
Quais os primeiros passos para criar um pequeno jardim
Saiba quais são os fatores importantes.
Limpeza das folhas
É muito importante você limpar as folhas de suas plantas.
Folhas limpas para plantas mais saudáveis
A higiene adequada das suas plantas contribui para as manter saudáveis e vigorosas.
Ervas aromáticas
Um pequeno jardim de ervas aromáticas está ao alcance de qualquer pessoa.
Formas e dimensões
Uma planta é um ser vivo e, como tal, transforma-se ao longo do tempo.
Mãos a obra
A utilização da ferramenta certa facilita o trabalho.
Dicas de fevereiro
Aproxima-se o final do verão, é hora de revolver e preparar o solo para os plantios de março.
Como fazer uma fonte de água
Quer uma fonte em casa?
Orquídeas - Quando Dividir, Plantar e Replantar
A divisão e replantio devem ser feitos quando a planta estiver emitindo raízes novas.
Dicas de verão
Para manter seu jardim saudável.
Combate às pragas
A maior parte das pragas surge na primavera, período mais fértil para o desenvolvimento das doenças que atingem as plantas.
Irrigação do jardim
Quando se fala em irrigação de jardim, vem logo à cabeça um regador ou mangueira com esguicho.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br